Você pode aprender inglês e mais idiomas de graça pelo ChatGPT; veja como

0
O chatbot da OpenAI pode ajudar usuários a treinar vocabulário e gramática de inglês e outros idiomas de maneira gratuita; conheça pontos positivos e negativos de estudar idiomas pelo ChatGPT

Estudantes de idiomas têm feito uso de ferramentas de inteligência artificial (IA), como o ChatGPT, para aprender novas línguas, como inglês, espanhol e francês, de graça. As plataformas são úteis no aprendizado de idiomas porque estão aptas a manter uma linguagem mais fluida com os usuários, imitando a forma como uma pessoa conversaria com um nativo, por exemplo. Além disso, o ChatGPT ainda pode oferecer variações regionais dos idiomas, o que complementa a experiência de aprender uma nova língua.

Mas, é importante alertar das limitações dessas tecnologias. Apesar dos benefícios, os programas de IA têm seus lados negativos e, em alguns casos, podem até mesmo inventar palavras e induzir usuários ao erro. Nada, obviamente, substitui aulas com professores qualificados. A seguir, veja como usar o ChatGPT para aprender um novo idioma.

Estudantes que utilizam programas baseados em IA para aprender novos idiomas destacam diversos benefícios da ferramenta. Segundo os relatos reunidos em uma reportagem da BBC News, os estudantes contam que as plataformas são capazes de imitar a forma como os humanos se comunicam, o diálogo durante os estudos seria bem fluido, dando a impressão de que o usuário está conversando com um amigo. Além disso, os chatbots também podem corrigir erros de gramática e de grafia em tempo real, explicando porque o uso de uma palavra específica não está correto em um determinado contexto.

Outro ponto positivo é que o ChatGPT pode oferecer variações regionais de cada idioma. Ou seja, se uma pessoa quiser aprender o espanhol mexicano em vez do espanhol da Espanha, por exemplo, ela pode aprender gírias e outras variações linguísticas próprias da região, o que pode engrandecer ainda mais a experiência de aprendizado. Além disso, o uso das plataformas não depende das diferenças de fuso horário entre alunos e professores que moram em países diferentes - assim, um usuário pode praticar o idioma no momento que lhe for mais conveniente.

Apps como Replika e LangAI se inspiraram no ChatGPT e surgiram com a proposta de serem "amigos virtuais" de quem quer aprender inglês ou outra língua. A ideia das plataformas é que as pessoas utilizem seus serviços para estudar idiomas como se estivessem conversando com um amigo de outro país. Ruiz Cassarino, criador do app LangAI, afimou a BBC que os programas de IA atuais podem mudar a ideia de que estudar precisa ser uma tarefa árdua
Tags

Postar um comentário

0Comentários
Postar um comentário (0)